Sede Administrativa da Igreja Adventista do Sétimo Dia – Nordeste

União Nordeste Brasileira

Lição PG nº 49 – 08 de dezembro – Um Ministério para Hoje

Publicado por:

UM MINISTÉRIO PARA HOJE

“O Filho do Homem veio buscar e salvar aquele que estava perdido.” Lucas 19:10

Salvação parcial não reflete o ministério de Cristo. O ser humano é composto de aspectos físicos, mentais e também espirituais. Nos esforçamos para salvar almas e cuidar de suas necessidades espirituais, mas também devemos nos dedicar a cuidar do corpo, das emoções e da mente. Pois se negligenciarmos uma dessas áreas, não estamos cumprindo o ministério de Cristo. Enquanto esteve na Terra, Ele pregou, ensinou e curou. Foi assim que Ele trabalhou e se queremos ser uma extensão do ministério de Cristo, temos que pregar a palavra e oferecer salvação à mente e ao corpo. A missão de Cristo foi salvar e a nossa também. Devemos levar esperança a todas as pessoas. Contudo, o serviço não termina aí.

Como igreja e religião falamos demasiadamente sobre salvação e um futuro com esperança, mas esquecemos que o futuro só é possível com a certeza de um presente. Não podemos pregar de uma esperança futura, que no presente não é capaz de transformar a vida das pessoas. Não é nosso dever salvas as pessoas da miséria; é nossa missão salvá-las da miséria. Precisamos fortalecer a visão da salvação e da solidariedade: salvação para o presente e solidariedade para o futuro.
Cremos, que ninguém confiará em uma esperança futura, se não compreender que há esperança para o hoje. Precisamos ser relevantes hoje, na vida de alguém. Demonstrar amor desinteressado e então falar-lhe de salvação.

Há ainda um segundo compromisso: trabalhar para o Senhor e não para homens. Em nossas diferentes iniciativas sociais não devemos buscar trabalhar por aplausos populares ou por foco midiático; devemos estar focados em Deus. A Bíblia confere inspiração sobre esse assunto quando fala do grande julgamento que acontecerá quando Cristo voltar a esta Terra (Mt 25). Nessa ocasião, ele fala que a solidariedade será um elemento de destaque no julgamento de Deus. O verso 40 diz: “E o Rei respondendo lhes dirá: Em verdade vos afirmo que sempre que o fizeste a um destes meus pequeninos irmãos, a Mim o fizestes. ” Quem trabalha para o Senhor cuida daqueles que pertencem ao Senhor. Se trabalharmos para a mídia, vamos cuidar da mídia e não das pessoas; se trabalharmos pelos aplausos, vamos estudar maneiras de recebê-los. Por outro lado, quem trabalha para Deus, cuida daqueles que são preciosos para o Senhor.

Nossa missão é servir e salvar; não teremos completado nossa missão enquanto houver sofrimento. A obra de Deus que procuramos fazer é cuidar daqueles que ninguém cuida. Todos foram convocados a fortalecer um movimento que ensine aquilo que Jesus ensinou, mas que também nos eduque a viver como Ele viveu. Não há como ensinar o que Ele ensinou sem viver como Ele viveu. Pastor Ted Wilson, líder mundial da Igreja Adventista do 7º Dia, sobre o assunto alegou: “A sociedade quer ver mais do que ouvir. ” Se hoje a religião é desacreditada, é porque as pessoas ouvem demais e veem de menos.

“…Essa lição não é menos necessária hoje no mundo, do que ao ser proferida pelos lábios de Jesus. Egoísmo e fria formalidade têm quase extinguido o fogo do amor, dissipando as graças que seriam por assim dizer a fragrância do caráter. Muitos dos que professam Seu nome, deixaram de considerar o fato de que os cristãos têm de representar a Cristo. A menos que haja sacrifício prático em bem de outros, no círculo da família, na vizinhança, na igreja e onde quer que estejamos, não seremos cristãos, seja qual for a nossa profissão.” Beneficência Social, p.42

PARA DISCUTIR

1. Qual o ministério que Jesus nos conferiu?
2. Como isso deveria modificar a maneira como pensamos e agimos como igreja?
3. Por que é tão difícil sair da zona de conforto e oferecer salvação de forma integral?
4. Não há como pregar a mensagem de Jesus se não vivemos como Ele viveu. O que falta em nossa vida para sermos coerentes?
5. O que o seu PG pode fazer para mudar a realidade de alguém essa semana? Faça planos e execute-os durante a mesma.

Conclusão – Apelo
Somos chamados a ser uma extensão viva e moderna do ministério de Cristo. Somos chamados para servir ao Senhor; Convidados a vestir nossa roupa de trabalho e praticar atos que transformem vidas no presente para alimentar esperança no
futuro que nos foi prometido.

VERSOS BÍBLICOS USADOS NA LIÇÃO
Lucas 19:10; Mateus 25.
Livro: O Evangelho em Roupa de Trabalho
Adaptado por: Pr. Carlos Augusto de Andrade – Ministério Pessoal – União Nordeste Brasileira