Sede Administrativa da Igreja Adventista do Sétimo Dia – Nordeste

União Nordeste Brasileira

Lição PG nº 21 – 25 de maio – Um casamento à prova de fogo

Publicado por: rutesouza

UM CASAMENTO À PROVA DE FOGO

“Porque eu sei que o meu Redentor vive, e que por fim se levantará sobre a terra.” Jó 19:25

Sempre quando olhamos para o livro de Jó, focamos no sofrimento. Porém, gostaria que os nossos olhos focassem no casal que está imerso nesta história de dor. Acredito que podemos aprender e crescer como família.

Podemos ver na história de Jó, um casal que andou juntos na alegria e na dor, na riqueza e na pobreza, na saúde e na doença. Em Deus, reconstruíram tudo.

Mais que qualquer outro tempo, os casais devem aprender que sua jornada nesta vida é uma prova de fogo. Pensarão que não haverá recuperação, porém juntos, com o Senhor, verão a casa ser erguida novamente.

Um intercessor. A vida de Jó é marcada pelo fundamento da intercessão. Deus e a família estavam respectivamente na ordem de prioridade. O que significa que sua casa estava bem dirigida.

Todo homem é chamado para ser um sacerdote e conduzir sua casa nos caminhos do Senhor.

O que poucos meditam é que cabe ao homem apresentar sua esposa a Deus todos os dias. Essa visão mudaria nosso comportamento. A palavra menciona Jó intercedendo por seus filhos e oferecendo sacríficos em favor deles. Se assim procedia com seus filhos, com toda certeza fazia o mesmo por ele e por sua esposa.

Não podemos ter todas as informações no texto bíblico.
Todavia, a vida desse homem de Deus demostra que amava sua família e sua esposa e cuidava para que eles se apresentassem em santidade ao Senhor. Homem, você é chamado a amar sua esposa e apresentá-la ao Senhor. Foi colocada aos teus cuidados e das tuas mãos e o Senhor perguntará por ela.

Um casamento sob mãos do Senhor. Devemos amar os nossos filhos. Porém, é estranho para alguns o conceito que o cônjuge está acima dos filhos. Os filhos são herança do Senhor. A ordem para eles é partir. Para o casal, nunca se separar. Note como a esposa deve ser aquela que fará parte permanente da vida do homem. O casamento continua tendo filhos ou não, permanecendo antes e depois deles.

Saúde e bens. Um casamento à prova de fogo continua mesmo quando os bens vão embora. Foi isso que aconteceu no casamento de Jó: eles perderam tudo. Já não havia lar, perderam os filhos. Não tinha nem mesmo saúde. Muitos casais se separam em meio à crise financeira ou quando um deles se encontra debilitado física ou mentalmente. Esquecem que a união dura na saúde ou doença, na riqueza ou pobreza.

A mulher. Não era a mulher que estava sendo provada. Acredito que muitas mulheres enlouqueceriam diante
de tão grande prova. Não era a postura dela que estava em evidência. Fico admirado pelo fato de que ela estava lá mesmo com todas as perdas e sofrimento!

A fala. A frase mais conhecida dela está em Jó 2:9: “…ainda reténs a tua integridade? Amaldiçoa o teu Deus, e morre.” Todavia, nos originais hebraicos está escrito: “Barech Elohim” que significa: Abençoa a Deus. Existe uma discursão sobre a tradução correta. Prefiro concluir que o sentido da frase era o que realmente está escrito no hebraico.

Ela havia chegado ao seu limite. Havia perdido seus filhos, estava sem lar e com o esposo nas cinzas. Sem dúvida é um sofrimento, para maioria, insuportável. Apesar de tudo, ela estava lá. Eles estavam juntos.

“E assim abençoou o Senhor o último estado de Jó, mais do que o primeiro; pois teve catorze mil ovelhas, e seis mil camelos, e mil juntas de bois, e mil jumentas. Também teve sete filhos e três filhas.” Jó 42:12,13.

A Bíblia diz que Jó foi abençoado com bens e filhos. Eram novos bens e outros filhos. A Palavra não fala de uma outra mulher. Concluímos que o seu casamento permaneceu diante de toda provação. A morte o separou dos filhos. A destruição levou seus bens. Satanás tocou na sua saúde. Porém, Deus sustentou seu casamento. Casamento a prova de fogo.

Seja um intercessor e nunca desista de sua casa, de seu cônjuge, nem de sua família.

PARA DISCUTIR

1. Como honrar o cônjuge no dia a dia?
2. Como você analisa a postura da mulher de Jó?
3. O que você tem feito para melhorar a vida espiritual da sua família e, em especial, do seu cônjuge?

 

AUTOR: Pr. Luciano Félix
Distrital Associação Pernambucana