Sede Administrativa da Igreja Adventista do Sétimo Dia – Nordeste

União Nordeste Brasileira

Lição PG nº 13 – 30 de março – O que é BIG DATA?

Publicado por: rutesouza

O QUE É BIG DATA?

“…E foram julgados de acordo com o que tinham feito, segundo o que estava registrado nos livros”. Apocalipse 20:12.

Desde cedo aprendi que todas as nossas ações, intenções e até pensamentos são registrados. Em Apocalipse 20:12 (leia!), descobrimos que todos serão julgados com base no que está escrito nesses livros, que colecionam as atitudes de toda a humanidade, desde Adão até hoje. Dá para pensar em quanta coisa já foi e ainda será escrita e também se impressionar em
como são guardados tantos dados?

A humanidade nunca produziu e compartilhou tanta informação entre si. Praticamente, nas redes sociais, compartilhamos tudo o que estamos fazendo; onde estamos; o que comemos; como nos sentimos; o que estamos vendo ou comprando. Este enorme volume de fotos, vídeos, textos, e-mails e mensagens é chamado de BIG DATA (em português, o grande volume de dados).

Tudo está registrado no Céu. Estima-se que nos últimos anos, todo o planeta produziu para a internet uma média de 8 zettabytes de informação anualmente. Para facilitar, um zetabyte equivale ao que dá para guardar em 75 bilhões de iPads (tablets) de 16Gb. Se você postou um vídeo, uma foto ou um simples comentário nos últimos dias ou meses, seguramente ajudou a aumentar o BIG DATA.

Certamente, o céu não fica para trás na hora de guardar todas as nossas informações. Em Eclesiastes 12:14 (leia!), a Bíblia ensina que “Deus trará a julgamento tudo o que foi feito, inclusive tudo o que está escondido, seja bom ou seja mal”. Percebe-se, então, que o BIG DATA do céu é bem maior e mais organizado que o nosso, já que tem armazenadas todas as ações de todos os homens de toda a história.

Às vezes, dá medo pensar que tudo está sendo anotado, não acha? Na verdade, nossos atos registrados são a prova eterna que Deus nos perdoou e a nossa vida foi transformada pela graça divina.

Os Livros do Céu. Como aprendemos, tudo o que fazemos ou pensamos fica registrado nos livros do Céu, cujo conteúdo determinará o destino de cada pessoa no Juízo de Deus. É a própria Bíblia que fala da existência desses livros, o que nos leva a pensar: quantos e quais são? Pelo que está revelado, existem 3 livros no Céu que farão parte do Juízo, e são estes que se abrem quando o Ancião de Dias, que é o próprio Deus, se assenta para julgar.

Primeiro Livro. Há o livro que é o “memorial das boas ações dos homens”. A Bíblia, em Malaquias 3:16 (leia!), diz que “foi escrito um livro como memorial, na sua presença, acerca dos que temiam ao Senhor e honravam o seu nome”. Nele todas as palavras de fé, todos os atos de amor, todas as ações de justiça e misericórdia se acham imortalizadas diante de Deus. Nenhuma boa ação passa em branco ou é esquecida pelo Céu. Também, é nesse livro que se encontram todos os atos de sofrimento, dor, tristeza e sacrifício que foram suportados por amor a Jesus Cristo.

Segundo Livro. Existe também o livro onde ficam relatados todos os pecados de todos os homens. Como diz Isaías 65:6-7 (leia!), “eis que está escrito diante de mim… as vossas iniquidades, e juntamente as iniquidades de vossos pais”. Nesse livro, encontram-se registrados toda palavra má proferida ou pensada, todos os propósitos e intenções secretas, todo ato egoísta e dever não cumprido. Nada fica oculto diante dos olhos de Deus e dos registros do Anjo Relator.

Terceiro Livro. Por fim, o último e talvez o mais importante livro que está no céu, o Livro da Vida. É precisamente neste que se encontram os nomes de todos aqueles que entraram no serviço de Deus e um dia creram no nome de Cristo para se salvarem. Apenas entrarão na cidade de Deus aqueles cujos “nomes estão inscritos no Livro da Vida do Cordeiro”. Apocalipse 21:27 (leia!).

Salvos para sempre. Assim, entendemos que Deus e todo o Céu se empenham em estabelecer a nossa salvação em bases sólidas de justiça e piedade. Jesus Cristo, o nosso Advogado, está constantemente a defender-nos e trata nossos casos com todo o amor que lhe é próprio por natureza. Vigiemos, então, para que não sejamos tomados de surpresa em nossas ações quando Jesus voltar. Se o nosso dia a dia é completamente registrado, que seja então no livro no qual se relatam as boas ações dos homens.

PARA DISCUTIR

1. O fato de todos os atos e pensamentos serem registrados promove que tipo de sentimento? Medo? Alegria? Confiança em Deus?
2. A maneira de nos relacionarmos com nossos amigos e familiares pode ser influenciada?
3. Como deveríamos ensinar essa doutrina para quem ainda não a conhece?

“A obra de cada homem passa em revista perante Deus, e é registrada pela sua fidelidade ou infidelidade. Ao lado de cada nome, nos livros do Céu, estão escritos, com terrível exatidão, toda má palavra, todo ato egoísta, todo dever não cumprido, e todo pecado secreto, juntamente com toda artificiosa hipocrisia. Advertências ou admoestações enviadas pelo Céu, e que foram negligenciadas, momentos desperdiçados, oportunidades não aproveitadas, influência exercida para o bem ou para o mal, juntamente com seus resultados de vasto alcance, tudo é historiado pelo anjo relator.” (O Grande Conflito, p. 482)

Versos estudados nesta lição:
Apocalipse 20:12; Eclesiastes 12:14 ; Malaquias 3:16; Isaías 65:6-7; Apocalipse 21:2

 

AUTOR: Pr. Leandro Alencar
Ministério Jovem
Associação Mato Grossense