Sede Administrativa da Igreja Adventista do Sétimo Dia – Nordeste

União Nordeste Brasileira

Lição de PG nº 39 – Precisando de um milagre? – 24/09 [T.3 – Ep. 13]

TEXTO BÍBLICO

“Mas, para não escandalizar essa gente, vai ao mar, lança o anzol, e abre a boca do primeiro peixe que pescares. Ali encontrarás uma moeda; pega então a moeda e vai entregá-la a eles, por mim e por ti.” Mateus 17:27

Aquele não parecia um cenário de milagre. Com uma análise superficial, alguns poderiam até interpretar como uma derrota. As mãos responsáveis por tantos milagres estavam cravadas na cruz. As mesmas mãos que reergueram os caídos e triunfaram contra inúmeras limitações físicas. Porventura a era dos milagres estava chegando ao fim, junto com Seu autor? Não! Na verdade, naquela aparente derrota residia o mais poderoso de todos os triunfos. Um milagre sem descrição, que seria por toda eternidade estudado sem que jamais se alcançasse a plena compreensão. Por que era o milagre dos milagres?

Vejamos alguns pontos:
1) O perfeito pelo imperfeito;
2) Uma vitória sobre a mais terrível enfermidade: o pecado;
3) Suas mãos ergueram enfermos. Sua morte os eternizará com saúde.

A lista poderia seguir até o vocabulário acabar, porque indescritível é a palavra que melhor tenta definir a redenção.

Todos necessitamos de milagres, alguns simples e outros maiores do que nós, mas sempre menores que Deus. Temos histórias para contar dos milagres já alcançados e temos a esperança de que outros estejam a caminho. Não sei se no calendário humano contemplaremos todos, pois também é milagre aceitar que não vamos tê-los. A Cruz é a garantia da concretização de todos os milagres.

“Sem a cruz não teria o homem união com o Pai. Dela depende toda a nossa esperança. Daí brilha a luz do amor do Salvador; e quando ao pé da cruz o pecador contempla Aquele que morreu para salvá-lo, pode rejubilar-se com grande alegria, pois seus pecados estão perdoados. Ao ajoelhar-se em fé junto à cruz, alcança ele o mais alto lugar que o homem pode atingir.” {AA 116.7} E. G. W.

Ninguém, a não ser nós mesmos, pode “impedir” a efetividade de tal milagre em nossa vida. A salvação é o mais imerecido de todos os milagres.

PERGUNTAS PARA DEBATE

  1. Você pede mais milagres físicos, materiais ou espirituais?
  2. Responda: por que a Cruz é um milagre?

Jesus então morreu pronunciando as palavras do Salmo 31.5: Pai, nas tuas mãos entrego o meu espírito! E, dito isto, expirou (v. 46). Nessa frase está o ponto culminante do Evangelho de Lucas. Visto que, Lucas, o médico, atestou no seu Evangelho que Jesus de fato expirou; verdadeiramente, Jesus morreu.

TEXTO PARA REFLETIR

“Não foram as circunstâncias que o levaram a morrer (Ele poderia ter revertido o quadro), mas o amor incondicional que Ele tinha por nós.”
Paulo Correia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *