Sede Administrativa da Igreja Adventista do Sétimo Dia – Nordeste

União Nordeste Brasileira

Lição de PG nº 38 – 21 de setembro – Organizando minhas prioridades

Publicado por: rutesouza

ORGANIZANDO MINHAS PRIORIDADES

“Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo propósito debaixo do céu.” (Eclesiastes 3:1)

Você sente às vezes que tem muitas coisas para fazer e pouco tempo para dar conta de todas elas? Quando isso acontece, você se sente agitado, pressionado e estressado? Dá impressão, que por mais que você se esforce, nunca consegue realizar tudo o que precisa? Há sempre mais uma tarefa, mais um dever, mais um item a ser riscado na sua lista de atividades a concluir. Se você se sente assim (e até um pouco mais), você acaba de descobrir que faz parte da geração que vive sob a tirania da urgência; a geração multitarefa. Somos homens e mulheres que temos sido levados a fazer duas ou três coisas ao mesmo tempo: abrimos a caixa de e-mail ao mesmo tempo em que falamos com um amigo pelo telefone e verificamos o resultado do jogo do nosso time do último fim de semana; tomamos o desjejum no carro a caminho para o trabalho. E alguns chegam a dizer: “Só consigo viver desta forma, no limite, se não, sinto que não estou vivo e produzindo”.

Em um estudo realizado no ano de 1985 pelo Centro Nacional de Estatística e Saúde, nos EUA, 50% dos 40 mil trabalhadores pesquisados relataram ter passado por estresse moderado a intenso nas duas semanas anteriores. Outra pesquisa feita pela renomada firma D’Arcy, Masius, Benton & Bowles revela que 3⁄4 dos trabalhadores norte-americanos indicam que seu trabalho provoca estresse. E em meio a todo esse oceano de ansiedade, preocupação e corrida contra o tempo, estamos eu e você. E provavelmente, de algum modo você tem sido ‘influenciado’ por esta atmosfera do urgente.

De modo triste, é preciso reconhecer que muitos de nós tem deixado que a louca vida cotidiana nos faça levar a vida espiritual de modo indiferente e sem profundidade e sem relevância. Hoje vamos estacionar o ‘carro’ no estacionamento da existência, puxar o freio de mão e refletir sobre a necessidade urgente de reformar algumas prioridades em nossa vida.

O sábio Salomão, afirmou: “Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo propósito debaixo do céu” (Eclesiastes 3:1). E fazendo eco a esta afirmação, Jesus declarou: “Não andeis ansiosos pela vossa vida, quanto ao que haveis de comer ou beber; nem pelo vosso corpo, quanto ao que haveis de vestir…” (Mateus 6:25).

I. APRENDA A PRIORIZAR TEMPO PARA DEUS

A. Uma ordenança bíblica
1. O primeiro lugar – Mateus 6:33: Não é o segundo momento, não é se sobrar tempo, do mesmo modo que é uma lei ter que se alimentar, é uma lei priorizar o primeiro momento de sua vida, ao despertar, para Deus.

2. Para priorizar tempo para Deus, é preciso se planejar: Ter um lugar adequado, ter um horário adequado, ter um tempo adequado, preparar-se para encontrar com o “Amigo”: durma cedo, coma pouco, durma com a expectativa de estar com Ele em breve.

Tempo para Deus na prática

1. Estudo da Palavra de Deus – Salmo 119:33
a) A Bíblia é a carta de amor que Deus escreveu, Ele se comunica conosco e nos ensina de modo eficaz.

b) Resultado em estudar diariamente as Escrituras: Revela quem é Deus (Sl. 145:5), traz-nos esperança (Rm. 15:4), traz-nos liberdade (Sl. 119:45), aumenta a nossa fé (Rm. 10:17), ajuda-nos a vencer o Maligno (I Jo. 2:14).
c) Tenha tempo e estude a Palavra, escolha a versão que lhe agrada, tenha caneta, marca-texto e papel, anote as ideias e pensamentos, tenha um plano de estudo: temas, livros, estabeleça um tempo para estudo. Lembre-se: A apatia espiritual sempre acompanha a falta de estudo da Palavra de Deus.

2. A prática da oração – Filipenses 4:6
a) Se você enxerga a oração como uma mera obrigação de se apresentar a Deus uma lista de pedidos e problemas, talvez seja por isso que sua vida ainda não tenha encontrado equilíbrio e significado. Oração não é apenas uma exposição das nossas necessidades a Deus. Vai muito além disso. Oração refere-se ao ato de se conhecer a Deus, adorá-Lo, amá-Lo e ter um relacionamento profundo, apaixonado e intenso com Ele.

II. APRENDA A PRIORIZAR TEMPO PARA A FAMÍLIA

A. O Lar, a base de tudo.

Ninguém pode negar, que do lar/família, deriva tudo o que acontece na sociedade. Se há maldade, discórdia, corrupção no meio social, a base disso está na família. O inverso também é verdade. Se há pessoas honestas,
humildes e trabalhadoras, a influência da família é sem dúvida a grande causadora do bem. Ellen White afirmou: “A felicidade da sociedade, o êxito da igreja, a prosperidade da nação, dependem das influências domésticas” (O Lar Adventista, p. 15).
B. É tempo de priorizar sua família
Esforce-se para tornar o seu lar um pedaço do céu: “O lar deve ser tudo o quanto está implícito nessa palavra. Deve ser um pequeno Céu na Terra, um lugar onde se cultivem as afeições… Nossa felicidade depende do cultivo de amor, da simpatia e da verdadeira cortesia de uns para com os outros” (O Lar Adventista, p. 15).

III. APRENDA A PRIORIZAR TEMPO PARA VOCÊ MESMO
A. Um conselho bíblico – I Timóteo 4:16
O conselho bíblico não trata de uma mera vaidade. Todo servo de Deus precisa cuidar da sua postura como cristão. Enquanto o mundo corre de modo acelerado, cada um de nós precisa repensar o modo como está correndo. Se não desejamos ser fruto da tirania da urgência e da ansiedade, precisamos saber priorizar o cuidado com a nossa própria vida, de modo equilibrado e sensato.

B. “Tem cuidado de ti mesmo…”
1. Cuide com a sua saúde
a) “Não há riqueza igual à saúde do corpo, nem prazer igual à alegria do coração” – Adágio popular. Todos sabemos das nossas responsabilidades e como o tempo é exíguo, mas você não irá longe se não cuidar de sua saúde. “Amado, acima de tudo, faço votos por tua prosperidade e saúde…” (III João 2).

2. Cuide com as suas finanças
a) Boa parte dos problemas familiares está vinculada a questões financeiras. Segundo o Banco Central, o endividamento das famílias brasileiras equivaleu a 45,1% do total de renda acumulada em um ano. Ou seja, quase metade do recurso financeiro está comprometido.
b) Como andam as suas finanças? (Provérbios 22:26 e 27). Você possui um orçamento familiar? Você sabe o que é um fundo de reserva? Como anda tua fidelidade nos dízimos e ofertas?
c) “Decida nunca incorrer em outro débito. Nega‐te mil e umas coisas de entrar em outra dívida. Essa tem sido a maldição de tua vida: entrar em dívida. Evita-a, como evitarias a varíola” (O Lar Adventista, p. 393).
d) Se você estiver enfrentando problemas nessa área, busque a ajuda de alguém que tenha experiência: o pastor, um líder da igreja, economista. Cuida de ti mesmo!

O fazendeiro e a serra
Um velho fazendeiro caminhou até uma loja de ferramentas.
– Posso ajudá‐lo? – o vendedor perguntou.
– Estou procurando uma serra. – De qual serra especificamente o senhor precisa? Como vai usá‐la? O fazendeiro coçou a cabeça. – Bom, vou precisar dela principalmente para cortar madeira.
– Venha por aqui, por favor – o vendedor disse, enquanto guiava o homem entre os corredores. – Esta – ele disse apontando para uma serra elétrica – é exatamente o modelo que o senhor precisa. – Nunca usei uma dessas – o velho fazendeiro disse. Isso é mais rápido que um serrote? – Sem comparações. Aposto que o senhor pode cortar 20 toras de madeira com esta serra elétrica no mesmo tempo que gastaria para cortar apenas uma com o serrote.

Então, o idoso senhor comprou a serra elétrica. Duas semanas mais tarde, ele estava de volta à loja. Para surpresa do vendedor, o velho fazendeiro trazia de volta a serra em suas mãos. – Então, o que achou da ferramenta? – perguntou o vendedor. – É a pior serra que já usei. Estou tentando cortar uma única árvore faz duas semanas. E ainda não terminei. Estou devolvendo isso aqui. Quero levar um serrote normal. – Deixe‐me dar uma olhada – disse o vendedor ao pegar a serra elétrica. O vendedor foi para trás do balcão, puxou a corda de arranque, a serra fez um grande barulho e começou a funcionar. O velho fazendeiro quase caiu de susto: – Opa! De onde vem esse barulho?

Quando não sabemos organizar as prioridades em nossa vida, esta se parece com uma serra elétrica desligada usada pelo fazendeiro. Fazemos planos, corremos, nos agitamos, ficamos ansiosos, estressados, dependemos dos nossos próprios recursos e ideias, e embora o Espírito Santo esteja à nossa disposição para nos auxiliar com o Seu poder, terminamos o dia, a semana, os meses e os anos, como se a nossa vida não tivesse tido nenhum tipo de resultado satisfatório.

PARA DISCUTIR

1. Quais devem ser as nossas prioridades em relação a comunhão com Deus?
2. Quais devem ser as nossas prioridades em relação aos relacionamentos?
3 . Quais devem ser as nossas prioridades em relação a causa de Deus?

“Não há riqueza igual à saúde do corpo, nem prazer igual à alegria do coração” – Adágio popular. Todos sabemos das
nossas responsabilidades e como o tempo é exíguo, mas você não irá longe se não cuidar de sua saúde. “Amado, acima de tudo, faço votos por tua prosperidade e saúde…” (III João 2).

Conclusão
Hoje é sua oportunidade de “ligar a sua serra elétrica” ao poder de Deus. Hoje, ele está pedindo que você deixe-O ser o Guia; deixe‐O assumir o controle de sua agenda de trabalho, da família e sua vida pessoal. Você já tentou fazer tanto sozinho, mas sem muitos resultados. Pare um pouco agora, e aceite a oferta de Jesus: “Vinde a Mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e Eu vos aliviarei”. Venha agora ao altar do Senhor, se você deseja organizar as prioridades em sua vida ao lado de Cristo.

Versos estudados nesta lição:
Eclesiastes 3:1; Mateus 6:25 – 33; Salmo 119:33; Filipenses 4:6; I Timóteo 4:16

AUTOR: Pr. Mark Wallacy
UCoB