Sede Administrativa da Igreja Adventista do Sétimo Dia – Nordeste

União Nordeste Brasileira

07 – RENÚNCIAS

Publicado por: Meirinaldo Júnior

Assim, pois, qualquer de vós que não renuncia a tudo quanto tem, não pode ser meu discípulo. (Lucas 14.33)

Aquele que não renunciar a tudo quanto possui não pode ser discípulo de Jesus. Você entendeu? Tudo! Certo dia, ouvi uma história sobre o filho de um pastor que ia à praia pela primeira vez. Ele andava pela beira do mar catando conchinhas e ia colecionando, a ponto de ficar com as mãos cheias delas. A certa altura, viram uma bela e grande estrela do mar flutuando na beira da água e o pastor incentivou o garoto a ir pegar aquela bela recordação: Filho, vá lá, pegue aquela estrela e vamos levar como lembrança! Mas o menino chegava perto da estrela e não a apanhava, distanciava-se um pouco e voltava, mas não a pegava. O pai garantia que a estrela não lhe faria mal, mas nada do garoto pegar. Até que o pai perguntou: Filho, por que você não pega a estrela? O menino mostrou as duas mãos cheias de conchinhas e perdeu a linda e grande estrela do mar.

Jesus é o maior prêmio, a conquista mais espetacular que alguém pode fazer. Ele é a “maior estrela do mar e a mais bonita”, mas muitos não conseguem pegar, pois têm as mãos cheias de pequenos tesouros tolos, de conchas quebradas, das quais não conseguem abrir mão. Gosto de um texto em que Jesus está com os discípulos e com crianças por perto. Ele convida uma delas para ficar próxima a ele e diz: Em verdade vos digo: Quem não receber o reino de Deus como uma criança de maneira nenhuma entrará nele. (Marcos 10.15)

Então surge a pergunta: Mas como uma criança recebe o reino de Deus? Para entender, precisamos ver o contexto e voltar um pouco na sequência, onde que Jesus se encontra com um jovem rico, que toma a iniciativa de encontrar-se com o Mestre, fala com ele, tem a oportunidade de entrar no reino de Deus, mas não consegue!

característica de uma criança que precisamos ter para entrar no reino de Deus é a de ter as mãos vazias. Jesus dizia: Quando eu for oferecer o reino de Deus e a pessoa não tiver as mãos vazias, vai perdê-lo. Tem que estar pronta a soltar o que estiver segurando. Se estiver agarrada a qualquer elemento desta vida, não entrará no reino de Deus.

As crianças não estão agarradas a coisa alguma. Se uma criança perder um brinquedo, com certeza vai chorar, mas garanto que ela não vai entrar em depressão por causa disso. Mesmo que ela perca alguém que ama, depois de chorar, vai tocar a vida. Se entristece, mas não diz que deseja morrer, pois as crianças não são totalmente apegadas a coisas desta vida! Diferentemente de nós.

Talvez a história do jovem rico se identifique mais conosco do que gostaríamos. Ele corre atrás de Jesus, encontra-se com ele e recebe o maravilhoso convite: “Vai, vende tudo o que tens, dá-o aos pobres e terás um tesouro no céu; então, vem e segue-me”, mas ele responde: “Jesus, eu não consigo te seguir, porque as minhas mãos estão cheias de coisas quebradas”.

Talvez você pense que os bens que possui são muito valiosos. Um casaco de couro, uma bicicleta, um computador, um aparelho de celular, um som bacana, um instrumento musical, uma moto, um carro ou até imóveis. São bens deste mundo, que não poderão ser levados quando você partir para a eternidade. Se um automóvel for deixado por dois anos estacionado no mesmo lugar, ele estará imprestável quando você voltar. A bicicleta poder ser roubada, os terrenos invadidos e as roupas rasgadas. São todos como conchas quebradas, que ocupam a sua mão e o impedem de receber o verdadeiro tesouro, que vem daquele que é o único dono, pois fez tudo o que existe do nada, com sua palavra.

AJUSTE A CÓPIA CONFORME O MODELO

Vamos fazer uma lista. Quais são os seus tesouros? Eles podem valer muitos reais ou não, mas se ocupam a sua mão, se estão demandando o seu serviço, se são importantes dentro do seu coração, então são tesouros que devem ser abandonados ou disponibilizados diante daquele que tudo possui.

Pode dar um friozinho na barriga, mas pense comigo: tudo é dele mesmo. Se ele pedir, entregue e seja um bom mordomo. Jesus diz que não podemos servir a Deus e também às riquezas, pois onde estiver o nosso tesouro, aí estará o nosso pensamento, as nossas emoções e o nosso coração. Ele quer tudo, ele quer você livre e rico.

ORE COMIGO:

Meu Senhor, eu tenho muita facilidade de encher minhas mãos de porcarias e de me apegar a elas. Vivo buscando tesouros e acumulando ídolos. Alguns são dispendiosos, outros nem tanto. A verdade é que tudo o que o dinheiro pode comprar não é caro, pois o que realmente vale são os relacionamentos e a vida. O mais caro de todos foi comprado com o seu precioso sangue, que é o relacionamento com Deus. Como é bom ficar de bem com o Criador, saber que não há separação entre nós, que o Senhor já abriu o caminho. Dedico a ti todos os meus bens e também os meus amados. São todos seus e os darei a qualquer pedido que você me fizer. Que eu seja uma cópia fiel de Jesus, no nome de quem oro, amém.