Sede Administrativa da Igreja Adventista do Sétimo Dia – Nordeste

União Nordeste Brasileira

02 – ARREPENDIMENTO

Publicado por: Meirinaldo Júnior

Deem frutos que mostrem o arrependimento. E não comecem a dizer a si mesmos: ‘Abraão é nosso pai’. Pois eu digo que destas pedras Deus pode fazer surgir filhos a Abraão. (Lucas 3.8)

 

Arrependimento é um tema central cujo significado precisamos compreender corretamente. Alguns acreditam que arrependimento é o mesmo que parar de pecar, mas a palavra vem do original grego metanoia, que significa meia-volta; é um giro de 180 graus. Ou seja, arrependimento não significa somente parar, mas, sim, mudar de direção.

A Palavra de Deus registra vários casos de arrependimento. Em Lucas 19, Zaqueu é retratado em sua casa conversando com Jesus, provavelmente depois de ter ouvido a respeito do reino de Deus, então “[…] Zaqueu levantou-se e disse ao Senhor: Olha, Senhor! Estou dando a metade dos meus bens aos pobres; e se de alguém extorqui alguma coisa, devolverei quatro vezes mais” (Lucas 19.8). Isso é arrependimento! Mudança de direção. Zaqueu roubava, e o seu pecado era prejudicar as pessoas, pois ele amava as riquezas.

O que significa arrependimento? Parar de roubar? Não! Arrependimento significa dar meia-volta; se ele roubava, agora abençoa e dá. Ele resolve dar a metade dos seus bens aos pobres, ele caminha na direção oposta. Não adiantava Zaqueu ir ao templo para limpar o lugar, não adiantava Zaqueu querer cantar para Deus ou fazer quaisquer outras atividades para o Senhor, pois o seu problema era roubar. Então, arrependimento, no caso de Zaqueu, era parar de roubar, trabalhar e dividir o seu dinheiro.

Outro exemplo maravilhoso de arrependimento está registrado em Atos 16:25-34, quando Paulo e Silas são presos, apanham muito dos guardas, mas na cela, perto da meia-noite, eles estão cantando e orando e as cadeias se abrem! Os guardas ficam desesperados quando percebem que as portas das celas estão abertas e acreditam que os presos fugiram!

O carcereiro decide se matar diante daquele cenário, mas Paulo clama em alta voz, dizendo: “Não faça isso! Estamos todos aqui!”. Imediatamente, o homem pergunta a Paulo: “Senhores, que devo fazer para ser salvo?”, ao que Paulo responde: “Creia no Senhor Jesus e serão salvos, você e os de sua casa”. Então, aquele soldado leva Paulo para sua casa e, arrependido, o que ele faz? Ele deu o seu dinheiro? Não.

Arrependimento, nesse caso, não envolvia dinheiro, pois o pecado era a violência. Ele aprendera a ferir, a machucar. Se esse era o pecado, como deveria dar meia-volta? Aquele que machucava agora trata. Esse mesmo homem aparece em Atos 16:33 lavando os ferimentos dos presos, sendo logo em seguida batizado, ele e todos os seus. O homem que talvez tivesse aberto as feridas de Paulo estava agora lavando-as e aplicando medicamentos.

Qual é a sua maior luta? O que significa praticar o contrário do que você faz? Você precisa se arrepender, porque Jesus disse: “Arrependam-se, pois o reino dos céus está próximo”. (Mateus 3.2)

 

AJUSTE A CÓPIA CONFORME O MODELO

Efésios 4.25-32 apresenta o padrão: quem mentia, passe a falar a verdade. Quem se irava facilmente, não dê desculpas, mas resolva a situação antes do pôr do sol. Quem roubava, trabalhe e passe a repartir com o necessitado. Quem falava bobagens, use as palavras somente para edificar. Quem era cheio de amargura, seja agradecido e doce. Quem caluniava, aprenda a elogiar e a bendizer. Quem era cruel, seja bondoso. Quem guardava mágoa, aprenda a perdoar. Em qual dessas você dará meia-volta. Se há uma área em que você precisa de arrependimento, acrescente-a aqui e junte-se a mim em oração.

 

ORE COMIGO:

O seu padrão é elevado. Concede-me, Senhor o genuíno arrependimento. Que eu dê meia-volta e comece a agir completamente diferente de como fazia. Quero viver de modo digno da nova vida que o Senhor me deu. Que eu seja uma cópia fiel de Jesus, no nome de quem oro, amém.